Muita gente tenta ENXUGAR GASTOS e não consegue: quais os PRINCIPAIS ERROS de atitude ao encolher?

2018-06-05T15:39:32+00:00 05/06/2018|Controlar os Gastos|

Para ENXUGAR GASTOS, não se deve DESPREZAR OS FREQUENTES, e tem de PLANEJAR OS EVENTUAIS!

Se deseja ENXUGAR GASTOS para valer, eu já disse, evite os dois principais erros de planejamento do seu orçamento pessoal e familiar. Quanto aos “pequenos” gastos frequentes: o erro está em DESPREZAR ESSES GASTOS, acreditando que, como são de valor aparentemente baixo, não pesam no orçamento e não devem receber nossa atenção como planejadores e controladores financeiros.

Na ponta do lápis! Uma simples pizza de R$ 30,00 talvez não pese, mas duas pizzas por semana, toda semana, serão oito pizzas no mês, e o gasto mensal ficará em R$ 240,00 (= 8 pizzas X R$ 30,00 cada). Isto não pesa no orçamento? Talvez pese tanto que, somados a outros gastos descontrolados, leve a família a uma situação de endividamento tal que eles terão simplesmente de cortar todas as pizzas! Antes que isto aconteça, existe aí espaço para um ENXUGAMENTO PLANEJADO. Se você garantir uma pizza por semana, ao mesmo tempo em que se propõe a enxugar outra pizza toda semana, irá economizar R$ 120,00 por mês (= 4 pizzas X R$ 30,00).

Quanto aos “grandes” gastos eventuais: o erro é NÃO SE PLANEJAR para juntar o dinheiro necessário para bancá-los quando devem aparecer. Muita gente não enxerga direito tais gastos no horizonte de despesas da família, porque não tem um orçamento pessoal e familiar bem planejado para apontar para os desafios que virão pela frente, então não cuidam de se preparar para encará-los com tranquilidade. Daí, quando surgem os gastos eventuais, eles nos pegam de surpresa e nos induzem às dívidas imprudentes, emergenciais e muito caras.

Na ponta do lápis! Se juntar aqueles R$ 120,00 economizados com pizza por mês durante um ano, acumulará R$ 1.440,00 (= R$ 120,00 mensais X 12 meses). Lembra-se daquele notebook novo que você cobiçava? Então, planejando-se assim você terá o dinheiro pronto para comprá-lo à vista e com desconto, sem recorrer a uma nova dívida, mesmo que anunciada como “12 X sem juros” de R$ 149,90 (X 12 = R$ 1.800,00 no total)!

Reequilibrando o orçamento. Contando com a VISIBILIDADE FINANCEIRA de um orçamento organizado, será possível enxugar com precisão os gastos que devem ser enxugados, de um lado, bem como garantir e dar mais verba aos que precisam ser reforçados, de outro, porque impactam positivamente você e sua família. Assim, ao longo de toda a vida financeira, vamos prosseguindo com estes remanejamentos perenes de pagamentos, buscando sempre formas mais bem focadas de gastar o dinheiro e usufruir sabiamente do poder de compra dos nossos ganhos, garantido que todos os pagamentos importantes (= necessários e desejados) caibam equilibradamente dentro do salário líquido ou dos ganhos limpos do negócio próprio a cada mês, mês após mês. Essas providências garantirão o duplo equilíbrio que todos buscamos em nossas finanças pessoais:

  • Equilíbrio no conjunto: no binômio recebimentos totais X pagamentos totais, mês após mês.
  • Equilíbrio no detalhe: bom balanço na distribuição dos desembolsos entre gastos, contas e compras, bem como dívidas e investimentos, equacionando passadopresente e futuro em sua vida financeira.

Quer boas ideias, técnicas e ferramentas para ORGANIZAR SEU ORÇAMENTO e dar A VIRADA NA VIDA FINANCEIRA? Fique tranquilo: eu e os melhores EDUCADORES PRÓSPEROS® deste país jamais vamos deixar isso tudo lhe faltar! Vem com a gente… e VAMOS PROSPERAR!

Prof. Marcos Silvestre | Mentor de Coaching Money® do PROFE®

PODCAST

Gostou deste CONTEÚDO sobre DINHEIRO & NEGÓCIOS? Dê SUA OPINIÃO aí nos comentários!